EUA iniciam operação com aeronaves AC-130 e A-10 na Líbia

As aeronaves AC-130 gunship estão partindo de uma base da Itália para as missões de ataque as tropas de Kadhafi na Líbia. (Foto: U.S. Air Force)

Os militares dos EUA ampliaram drasticamente a força de ataque sobre as tropas terrestres do governo líbio no último final de semana após lançar as primeiras missões com suas aeronaves Lockheed AC-130 Spectre e aeronaves de ataque A-10 Thunderbolt, projetadas basicamente para ataques terrestres. Na Líbia estão sendo utilizadas para ataque às tropas e comboios de suprimentos no solo. As informações foram dadas pelo Vice Almirante da U.S. Navy, Bill Gortney, durante uma coletiva de imprensa no Pentágono nessa segunda-feira.

Após a destruição das forças de defesa aérea e de radares, as aeronaves AC-130 puderam iniciar seus ataques com diversos tipos de canhões posicionados do lado direito da aeronave, voando lentamente e próximo do solo.
As duas aeronaves de ataque estão sendo utilizadas para aumentar a pressão nas tropas líbias leais ao Coronel Kadhafi, que agora estão obrigadas a permencer no solo, que foram suprimidas pelo avanço dos rebeldes, que avançam cada vez mais fortes em várias cidades ao leste de Trípoli, capital da Líbia.
As aeronaves de ataque A-10 Thunderbolt II praticamente iniciam a segunda etapa da operação na Líbia, com ataques aéreos coodernados nas forças terrestres de Kadhafi.

Embora as aeronaves AC-130s e A-10s são muito bem adequadas para retomada de áreas, seu uso pode aumentar o número de mortes de civis, que ao contrário de aeronaves de ataque e bombardeiros, capazes de lançar bombas teleguiadas de precisão, os disparos dos AC-130 são mais discriminados, mas também mais devastadores devido ao poder de fogo de seus canhões.
As aeronaves AC-130 estão partindo de uma base na Itália, e devem permanecer em operação na Líbia nos próximos dias reforçando a pressão sobre as forças militares de Kadhafi.

Fonte: CAVOK

Comentários

Postagens mais visitadas